Gerador de currículo

Gerador de currículo

Crie seu currículo em poucos minutos gratuitamente. Após a geração de seu currículo, manteremos seu perfil em nosso banco de dados para futuras oportunidades de emprego.

Objetivo do gerador de currículo

Este site tem como objetivo auxiliar qualquer pessoa a construir um currículo de forma profissional, sem precisar se preocupar com a formatação do documento. Você só precisará preencher os dados no formulário abaixo e, ao finalizar, seu novo currículo será apresentado no formato PDF, para que possa salvar e enviar para as empresas que desejar.

Esta ferramenta foi desenvolvida para permitir que qualquer pessoa pudesse criar um currículo com uma formatação adequada, sem grandes conhecimentos. Afinal, culturalmente desprezamos a importância deste documento seja na criação, atualização, entrega e estudo das informações que devem estar presentes para a conquista de um emprego.

Sabemos que grande parte da população passa 15 anos na escola mas não aprende a montar um currículo adequadamente. E este é um problema gravíssimo, pois mesmo tendo grande o conhecimento, você continuará desempregado se cometer falhas em seu currículo. Lembre-se que este documento é a porta de entrada para o mercado de trabalho.

Para facilitar ainda mais seu aprendizado, no final desta página existem algumas dicas importantes sobre o que você deve preencher em cada parte do currículo.

Dê atenção ao currículo!

CURRÍCULO POSSUI 6 SEGUNDOS


O currículo ainda é o documento mais utilizado nos processos seletivos. Ter um currículo que segue os padrões esperados pelo recrutador é o mínimo que você pode fazer para conquistar seu novo emprego.

Dados pessoais

Nome
E-mail
CPF
Endereço
Número
Cidade
Estado
CEP
Celular
Telefone
Nacionalidade
Estado civil
Idade


Objetivo

Cargo e área


Histórico Profissional

Empresa
Cargo
Início
Término
Responsabilidades
e atribuições


Formação Acadêmica

Graduação
Instituição
Localização da instituição
Situação
Conclusão


Idiomas

Idioma
Proficiência


Outras qualificações

Qualificação
 

Curtiu? Compartilhe!

Comente sobre o que achou do seu novo currículo:

Escreva um currículo de sucesso e conquiste o emprego!

Seu desempenho em qualquer processo seletivo está diretamente ligado ao preenchimento adequado do currículo. Apresentar seu perfil profissional com objetividade, transparência e organização permite que o recrutador analise seu perfil com coerência, permitindo sua participação na seleção. Porém, repleto de informações irrelevantes e mal estruturado, sue currículo pode ser o grande vilão na hora de conquistar o tão desejado emprego.

Para te ajudar neste processo, nossos consultores de RH responsáveis pelos processos de recrutamento e seleção aplicados junto a nossos clientes, descreveram detalhadamente como você deve preencher cada parte de seu currículo, demonstrando profissionalismo em seu currículo. Assim, suas chances de recolocação são amplamente facilitadas e potencializadas.


1. PREPARE-SE PARA PREENCHER SEU CURRÍCULO

A chave do sucesso de um bom currículo é sua preparação. Entendemos que as pessoas ainda ignoram a importância do currículo, mas para ter um documento adequadamente preenchido você precisa se preparar. Antes de preencher as informações de seu histórico profissional na ferramenta acima, você precisa refletir sobre seus objetivos profissionais. Você deve ser capaz de responder as seguintes perguntas: Qual a área de negócio me interessa? Qual é o cargo que eu desejo? Qual o perfil da empresa que gostaria de trabalhar?

Faça uma análise criteriosa das empresas para a qual deseja enviar o currículo. Conhecendo a cultura da empresa você será capaz de perceber se terá um futuro promissor ou não neste trabalho, se estará realmente alinhado aos valores da empresa e da liderança.

Defina seu currículo de acordo com cada vaga que concorrer, alinhando seu objetivo ao que a empresa busca. Cuidado pois “atirar para todos os lados” é uma ótima forma de demonstrar falta de foco em sua carreira. Por fim, separe todos os documentos necessários para o preenchimento do currículo, como datas de início e saída de empregos anteriores, graduações, cursos e eventos em que participou.

2. SEU CURRÍCULO DEVE TER ESTRUTURA E ORGANIZAÇÃO

A primeira impressão é a que fica. E no caso de quem procura um emprego a primeira impressão é formulada com base no conteúdo, e principalmente, no formato, design, estrutura e organização do currículo. Sendo assim, é fundamental que seu currículo tenha um layout extremamente profissional e capaz de informar seus dados de forma clara e organizada, facilitando a análise do recrutador.

Temos experiências que demonstram candidatos com grande potencial tendo seu desempenho amplamente afetado nos processos seletivos por conta de currículos estruturalmente falhos. Por isso, temos grande preocupação com este tema e esta foi nossa grande motivação por criar esta ferramenta. Desejamos que qualquer profissional possa gratuitamente criar um currículo de sucesso, seguindo as melhores práticas e alavancando sua imagem profissional desde o primeiro momento.

Portanto, você não precisa se preocupar com este tema, se preencher seu currículo utilizando o formulário acima. Você terá um currículo com um design atual e bem visto pelos recrutadores, além de garantir que todas as principais informações de seu perfil estão descritas e organizadas da forma correta.



3. COMO PREENCHER SEUS DADOS PESSOAIS NO CURRÍCULO

Para facilitar a identificação, organização e contato com os canditados, os recrutadores esperam que a primeira informação de um currículo seja os dados pessoais do profissional e, de preferência, de forma destacada. Muitos candidatos perdem a oportunidade de participar de entrevistas pois seus dados de contato foram preenchidos sem a devida atenção impossibilitando uma ligação ou contato por e-mail.

Descreva seu nome completo, endereço residencial e cidade, assim o recrutador pode avaliar se você se encontra a uma distância do local de trabalho esperada pela empresa. Informe também seus dados de contato como celular, telefone residencial e e-mail, pois estes serão os meios pelos quais o recrutador utilizará para entrar em contato com você, seja para esclarecer algum ponto duvidoso de seu currículo ou para te convidar para as próximas fases do processo seletivo.

As três últimas informações devem ser sua nacionalidade, idade, estado civil e nada além disso. Estas informações são fundamentais para que o recrutador possa comparar as características da vaga ao seu perfil. Alguns cargos exigem pessoas mais experientes e outros canditados mais novos e inexperientes. Foto, número de documento ou qualquer outra informação você só informa se for solicitado na vaga.

4. SEU CURRÍCULO DEVE TER UM OBJETIVO

Assim como em qualquer área de sua vida, seu currículo também deve ter um objetivo. Este objetivo deve ser o cargo e a área que você deseja ocupar na futura empresa. Sendo assim você deverá criar um currículo de acordo com a vaga que está concorrendo. Por exemplo, você deve preencher da seguinte forma: "Analista - Financeiro", "Especialista de Importação e Exportação", "Gerente de Recursos Humanos" ou "Assistente de Contabilidade".

Um erro muito comum do profissionais ao preencher esta parte do currículo é escrever frases bem feitas para demonstrar sua motivação e comprometimento caso sejam contradados, como por exemplo: "Desenvolver um ótimo trabalho e crescer constantemente na empresa.". Qualquer objetivo que seja diferente do cargo e área que pretende atuar é inadequado e não agrega informações úteis ao seu currículo.

Lembre-se de preencher apenas um cargo e área que deseja ocupar. Outro erro que prejudica a imagem do profissional em seu currículo é descrever neste campo atuações muito amplas ou genéricas, como por exemplo: "Atuar no setor administrativo, financeiro e comercial". Isto dá uma impressão de falta de foco do candidato ao recrutador e com certeza impactará na em sua decisão.

5. EXPERIÊNCIA NO CURRÍCULO EXIGE ATENÇÃO

Essa é uma parte extremamente delicada do currículo pois é um dos pontos mais utilizados pelos recrutadores para avaliar a aderência do candidato a vaga. Você deve apresentar de maneira sucinta todas as experiências profissionais, as suas responsabilidades no cargo, além de descrever claramente o período trabalhado em cada empresa. Caso você esteja começando a carreira vá direto para sua formação acadêmica e deixe esta área sem preenchimento.

Mencione apenas as 5 últimas empresas que você trabalhou começando pelas mais recentes. Descreva o nome da empresa e, se ela não for conhecida, ao lado faça uma rápida apresentação informando o ramo de atividade e sua posição no mercado. Isso é importante pois o trabalho desempenhado por um gerente em uma multinacional é completamente diferente das responsabilideseu de um gerente em uma micro empresa.

Para finalizar, descreva seu cargo e o que fazia na prática em tópicos e utilizando de frases curtas. Diga quais eram suas funções e responsabilidades, o que geralmente condiz com sua descrição de cargo (documento utilizado pelas empresas para alinhar as funções do profissional ao que é esperado pela empresa). Se possível não se esqueça de mencionar como sua contribuição agregou ao resultado da empresa, mencionando quanto sua empresa lucrou com suas ações, bem como quais projetos você implantou ou participou.



6. INFORME SUA FORMAÇÃO ACADÊMICA E NÃO QUALQUER CURSO

Uma formação acadêmica em uma instiuição renomada pode te ajudar. Neste item, aqueles longos anos de estudo serão um diferencial principalmente se a vaga na qual estiver concorrendo não exigir experiência como por exemplo vagas de estágio. Porém se você possui graduações em instituições desconhecidas ou regionais, não se preocupe, informe estes dados corretamente que tudo ficará bem.

Informe a gradução obtida, o nome da instituição de ensino, a cidade na qual se formou e o mês e ano de conclusão. Se você ainda estiver cursando, não se preocupe e preencha a sua previsão de conclusão. Informe primeiramente as graduações mais relevantes e depois as menos importantes. Se você possui nível superior, descreva esta graduação e outras mais relevantes. Caso não possua faculdade, descreva apenas a sua última formação obtida, seja ensino técnico, médio ou fundamental.

Esta área não é a mais indicada para você informar outros cursos de menor relevância. Portanto, qualquer curso de especialização de curta duração, seminários ou palestras devem ser descritos na área de "outras qualificações" e não na "formação acadêmica".

7. IDIOMAS E OUTRAS QUALIFICAÇÕES NO CURRÍCULO

Geralmente, no final do currículo, você pode informar com maior liberdade outras informações importantes que descrevem seu perfil profissional sem afetar as partes mais importantes e utilizadas pelos recrutadores para avaliar sua aderência a vaga. Assim, você pode informar seus conhecimentos em outros idiomas, cursos de curta duração que considerar relevantes para o cargo, experiências internacionais, projetos sociais e outros conhecimentos.

Ao descrever no currículo seus conhecimentos com outros idiomas é importante atentar a um fato: os termos utilizados para informar sua proficiência, ou habilidade com a língua. Sempre orientados os profissionais para utilizar os termos mais conhecidos e de fácil interpretação pelos recrutadores: Básico, Intermediário, Avançado e Fluente. Ao preencher seu nível de conhecimento no idioma, seja honesto. Lembre-se que o recrutador irá comprovar esta informação nas próximas fases do processo seletivo.

Em "outras qualificações" você deve se atentar em descrever apenas expetiências relevantes para a vaga que está concorrendo. Você pode descrever cursos de aperfeiçoamento, conhecimentos com informática, certificações ou intercâmbios realizados.

Cuidados finais para garantir um excelente currículo

Como o recrutador deve ler o currículo com rapidez, você deve ser capaz de criar um currículo com o nível de detalhe adequado, sem perder a objetividade. Portanto, seu currículo deve conter no máximo duas folhas. Para um profissional com longos anos de estrada é aconselhável montar um segundo currículo mais detalhado que deve ser mostrado só se for chamado para a entrevista.

Como sua comunicação escrita possui apenas 7% de comunicação, procure escrever numa linguagem simples e clara. Evite o uso de linguagem ou termos muito formais, pois podem ofuscar detalhes importantes. Evite também o uso de linguagem informal (gírias) ou linguagem da internet (abreviações como vc, td e afins). Ao final, revise várias vezes para evitar erros de português e se for possível peça a ajuda de alguma pessoa para revisar para você.